Esportes

Tenista russo assume ponta do ranking mundial e pede por paz

Tenista russo assume ponta do ranking mundial e pede por paz

Tenista russo Daniil Medvedev acena após vencer partida em Acapulco, no México


ROMA, 28 FEV (ANSA) – O tenista russo Daniil Medvedev, que assumiu nesta segunda-feira (28) a liderança do ranking mundial, aproveitou a ocasião para fazer um apelo em suas redes sociais e pedir por paz.

“Quero falar em nome de todas as crianças do mundo. Todas têm sonhos, suas vidas estão apenas começando e neste momento chegam os primeiros amigos e grandes emoções. Tudo o que ouvem e veem é pela primeira vez na vida, por isso quero pedir a paz no mundo”, escreveu o atleta de 26 anos.

Em sua mensagem, o novo número um do mundo ainda declarou que as crianças “não devem deixar de sonhar”. Os comentários do tenista acontecem em meio à guerra iniciada pela Rússia no dia 24 de fevereiro.

“As crianças nascem com uma confiança interior no mundo, acreditam em tudo: nas pessoas, no amor, na segurança, na justiça e nas suas chances. Estamos juntos e devemos mostrar a eles que é verdade: toda criança não deve deixar de sonhar”, concluiu o russo.

Medvedev roubou a posição do sérvio Novak Djokovic após ter garantido uma vaga nas quartas de final do ATP 500 de Acapulco, no México. O sérvio, por sua vez, caiu na mesma fase no torneio de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, contra Jiri Veseley.

Pela primeira vez em pouco mais de 930 semanas, a liderança do ranking mundial não é ocupada por Roger Federer, Rafael Nadal, Novak Djokovic ou Andy Murray.

Ao longo de sua carreira, o russo contabiliza 13 títulos, mas o principal destaque foi a conquista da edição passada do US Open, nos Estados Unidos. (ANSA).