Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

A zebra do Casaquistão voltou a aprontar no Torneio de São Petersburgo. Neste sábado, a eslovaca Dominika Cibulkova, classificada em quinto lugar no ranking mundial do tênis, foi surpreendentemente derrotada por Yulia Putintseva, a 34ª colocada na lista da WTA, nas semifinais do evento russo.

Cibulkova ganhou o primeiro set da partida e parecia próxima de fechar o jogo após quebrar o saque de Putintseva no meio da terceira parcial, mas a casaque reagiu para conseguir a virada e fechar o duelo em 3/6, 6/4 e 6/4.

Esta foi a segunda vitória de Putintseva diante de uma tenista Top 10 em 24 horas. Afinal, na última sexta-feira a casaque superou a russa Svetlana Kuznetsova em uma batalha de três sets, pelas quartas de final.

A primeira final da carreira de Putintseva em um torneio da WTA será contra a francesa Kristina Mladenovic, que também precisou de uma virada diante da russa Natalia Vikhlyantseva para se garantir na decisão do evento em São Petersburgo.

Em uma partida marcada pelo excesso de quebras de serviço – foram 14 em 26 games disputados -, Mladenovic sacou mal no primeiro set, mas depois Vikhlyantseva, apenas a número 115 do mundo, no segundo e no terceiro para superá-la por 4/6, 6/2 e 6/2.

Mladenovic, que ocupa o 51º lugar no ranking da WTA, vai buscar o primeiro título da carreira na sua quarta decisão no circuito. A francesa exibiu força nas rodadas anteriores ao superar a norte-americana Venus Williams e a italiana Roberta Vinci, que no ano passado foi campeão do torneio russo.

Eliminada, Vikhlyantseva, de apenas 19 anos, tem como consolo após parar nas semifinais em São Petersburgo o fato de que vai figurar entre as cem melhores tenistas do mundo na atualização da próxima segunda-feira do ranking.