Economia

Tendências: Bolsonaro acerta em destacar abertura e ajuste, mas faltou detalhar

O analista político Rafael Cortez, da Tendências Consultoria, acredita que o presidente Jair Bolsonaro acertou nas questões que escolheu para destacar em seu discurso em Davos, como a abertura comercial e o ajuste fiscal, mas avalia que ele poderia ter sido um pouco mais incisivo nas medidas que pretende adotar para atingir esses objetivos.

“Do ponto de vista de diagnóstico, o discurso foi na direção correta. Não houve erro grosseiro. Pelo contrário, teve capacidade de sintonizar o discurso com agendas que de fato representam uma preocupação, que são atributos importantes para um país que deseja atrair poupança externa e integração econômica”, disse Cortez.

Bolsonaro, no entanto, poderia ter explicado como pretende atuar, acredita o analista. “Houve pouca ambição na descrição”, disse. De qualquer forma, considera que é natural o presidente se estender pouco na agenda econômica, uma vez que discursar sobre esse tema “não é o forte” dele.

Veja também

+ Cantora MC Venenosa morre aos 32 anos e família pede ajuda para realizar velório
+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Júpiter e Saturno vão se alinhar pela primeira vez desde a Idade Média
+ Black Friday: veja as dicas para não ser enganado
+ Juliana Caetano faz desabafo em vídeo “Isso me deixa muito mal, muito triste…”
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel