Esportes

Temporada de 2020 será a última de Rossi pela Yamaha

ROMA, 29 JAN (ANSA) – A temporada de 2020 da MotoGP será a última do italiano Valentino Rossi na Yamaha. A equipe japonesa anunciou nesta quarta-feira (29) que Fabio Quartararo será o companheiro de Maverick Viñales a partir da edição de 2021 da categoria.   

No comunicado divulgado pela a Yamaha, Rossi não foi mencionado, mas o italiano terá a opção de ir para a Petronas, ex-equipe de Quartararo, ou de se aposentar. No entanto, o piloto de 40 anos descartou em deixar a MotoGP.   

“Claro que, após as últimas mudanças técnicas e com a chegada do meu novo chefe de equipe, meu primeiro objetivo neste ano é ser competitivo e continuar minha carreira como piloto da MotoGP também em 2021. Antes de fazer isso, preciso ter algumas respostas, que apenas a pista e as primeiras corridas podem me dar”, afirmou Rossi.   

Na edição de 2019 da MotoGP, Rossi terminou a temporada na sétima colocação, somando 174 pontos. Seus melhores desempenhos foram duas segundas colocações nas provas da Argentina e dos Estados Unidos. Enquanto isso, Viñales, seu companheiro de equipe, encerrou em terceiro, com 211 pontos, tendo somado duas vitórias.   

Já o novo piloto da Yamaha para 2021, Quartararo, de somente 20 anos de idade, estreou muito bem na categoria e finalizou a temporada em quinto, com 192 pontos. Apesar de não ter vencido nenhuma prova, o francês chegou em segundo em cinco corridas.   

No total, Rossi disputou 14 temporadas pela Yamaha e conquistou quatro títulos da MotoGP com a equipe japonesa.(ANSA)