Esportes

Tempo para análise: reunião da Junta Deliberativa do Vasco é cancelada

Após Alexandre Campello fornecer a lista de sócios digitalizada na noite desta segunda-feira, demais presidentes do clube entendem ser necessário de análise dos dados

Tempo para análise: reunião da Junta Deliberativa do Vasco é cancelada

A reunião da Junta Deliberativa do Vasco marcada para esta terça-feira foi adiada. Desta vez, por tempo hábil para análise da lista digitalizada de sócios, entregue pelo presidente do clube, Alexandre Campello, na noite da última segunda-feira. Os demais membros da Junta entenderam que é necessário um tempo mínimo de avaliação dos dados, que estão dando polêmica há tempos.

Campello atendeu à decisão judicial que o obrigava a apresentar tal documento. Ele alegava proteção aos dados de associados. As reclamações por parte da Junta, de modo geral, são de dados confusos no documento, que apresenta mais de 100 mil nomes.

O presidente da Assembleia Geral, Faues Mussa, emitiu nota no início da tarde desta terça-feira confirmando o cancelamento do encontro desta tarde, indicando que deve ser remarcado em breve. Também fazem parte da Junta Deliberativa do clube Silvio Godói, presidente do Conselho de Beneméritos; Edmilson Valentim, presidente do Conselho Fiscal; Roberto Monteiro, presidente do Conselho Deliberativo; e Campello, da diretoria administrativa.

Cabe a Mussa dar o pontapé inicial no processo eleitoral do Cruz-Maltino. Para tanto, a lista de sócios é elemento fundamental. O pleito é previsto para o fim deste ano.

Reunião da Junta Deliberativa - Vasco

Reunião deverá ser remarcada em breve (Foto: Reprodução)

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ Pandemia adia cirurgia e saúde de Schumacher piora
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Cantora Patricia Marx se assume lésbica aos 46 anos de idade
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior