Geral

Temer: sem responsabilidade fiscal e diálogo, política pública não se sustenta


A um mês e meio do término do governo, o presidente Michel Temer afirmou, nesta quarta-feira, 14, que não há continuidade sem responsabilidade fiscal. Em período de transição com o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), o emedebista reforçou que, para sustentar políticas públicas, a administração precisa ter respeito com as finanças.

“Como em tantas outras frentes, não há planejamento, não há continuidade possível sem responsabilidade fiscal. É o que sempre repetimos: sem responsabilidade com o dinheiro do contribuinte, não há política pública capaz de se sustentar no tempo”, disse Temer, em Campinas (SP), durante inauguração da primeira etapa do projeto Sirius.

Ele acrescentou que, além de responsabilidade fiscal, é necessário um “diálogo constante” com os mais diferentes setores da sociedade.

Ao inaugurar a estrutura, que compreende um laboratório de luz síncrotron de quarta geração com um acelerador de partículas, Temer afirmou que o País avança “a passos largos” na pesquisa científica e deverá atrair “milhares” de cientistas estrangeiros.





Tópicos

Campinas Sirius Temer