Brasil

Temer se diz honrado por convite de Bolsonaro para chefiar missão no Líbano

O ex-presidente Michel Temer afirmou estar honrado com o convite feito pelo presidente Jair Bolsonaro para capitanear a missão humanitária do Brasil no Líbano. “Quando o ato for publicado no Diário Oficial da União serão tomadas as medidas necessárias para viabilizar a tarefa”, disse, em nota à imprensa.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

O convite a Temer foi feito na manhã deste domingo por Bolsonaro, durante conferência com outros chefes de Estado para coordenar a ajuda a Beirute. O ex-presidente é filho de libaneses.

“Neste momento difícil, o Brasil não foge à sua responsabilidade”, afirmou Bolsonaro durante a teleconferência, organizada pelo presidente da França, Emmanuel Mácron.

Na última quinta-feira, dia 06, Temer postou mensagem de apoio ao Líbano, em sua conta no Twitter. “Consternado com o gravíssimo incidente ocorrido em Beirute, trago a minha palavra de condolências às famílias das vítimas. Que o espírito de luta e superação dos libaneses, mais uma vez estejam presentes. Força, meu Líbano!”, escreveu.

Veja também

+Após ficar internada, mulher descobre traição da mãe com seu marido: ‘Agora estão casados’

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea