Tem hora certa para o desmame?

Crédito: Pexels

(Crédito: Pexels)

Tem hora certa para desmamar? Qual é a idade ideal para fazer o desmame do meu filho? Eu estou exausta, até quando preciso amamentar minha filha?  Essas são perguntas frequentes entre as mães. Falar de desmame é sempre delicado e complexo, porque existem infinitas particularidades em cada casa, e caso, que precisam ser levadas em consideração. 

Como parâmetro temos a OMS (Organização Mundial da Saúde), e a SBP (Sociedade Brasileira de Pediatria) indicando que um bebê deve ser amamentado exclusivamente no peito até 6 meses de idade, quando então deve se iniciar a introdução alimentar. Esses mesmos órgãos sugerem que o aleitamento pode se estender até os 2 anos ou mais da criança.

REVELADO! Conheça o guia de alimentação ideal para seu filho!

Prolongar o aleitamento exclusivo para além dos 6 meses não tem mostrado resultados significativos nos estudos. Por outro lado, negar o conforto e o acolhimento do peito para entrar no mundo desconhecido dos novos sabores pode ser um verdadeiro desafio para algumas famílias, assim como saber a hora certa de desmamar um bebê. 

Ao atingir 1 ano de idade, o aparelho digestivo do bebê já tem maturidade suficiente para digerir e absorver os nutrientes necessários para seu crescimento e desenvolvimento, através dos alimentos. Podendo, assim, fazer parte das refeições da família, considerando que a casa tenha uma alimentação saudável com base em cereais, leguminosas, proteínas, legumes, verduras e frutas.

É sabido que o aleitamento materno não é apenas o ato de nutrir fisiologicamente o bebê, é também onde se estabelece o vínculo afetivo entre mãe e filho, portanto tem um papel fundamental na relação e no comportamento emocional da dupla, fazendo com que esse momento ideal seja diferente em cada situação.  


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Não importa a idade exata do desmame, o que se sabe é que toda criança um dia vai deixar de mamar, o importante é entender como isso vai acontecer. Conforme o bebe vai aumentando o repertório de alimentos e refeições na sua rotina,  vai aumentando também os intervalos entre as mamadas. Com uma introdução alimentar cuidadosa, respeitosa e sem stress para o bebe e para a mãe, a tendência é ver o desmame total acontecer naturalmente no mesmo clima, sem stress. 

Conheça agora o guia de alimentação ideal para seu filho!

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel


Sobre o autor

Nutricionista, Formada pela USU - Rio de Janeiro em 2003, especializada em alimentação infantil. Trabalha com crianças desde 1999, quando, ainda na faculdade, dava aulas de capoeira. Em 2013 estreou como apresentadora no canal GNT dos programas Socorro! Meu Filho Come Mal, Cozinha Colorida da Kapim e, em 2018, o Socorro! Meus Pais Comem Mal. Autora de 2 livros, homônimos dos programas, um deles com mais de 60 receitas para a família toda colocar a mão na massa. Kapim é mãe de dois adolescentes muito legais e que comem superbem, Sofia (15) e Antonio (13). Nesses mais de 20 anos trabalhando com crianças, já ajudou a transformar e melhorar os hábitos alimentares de milhares de famílias, sempre buscando uma conexão saudável entre todas as partes envolvidas: pais, filhos e o alimento.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2021 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.