Edição nº2543 14/09 Ver edições anteriores

Técnico do Internacional diz que regularidade será arma na luta pelo Brasileiro

Odair Hellmann elogiou Palmeiras e Grêmio: “Competitivos”

Regularidade. Esta é a palavra mais usada pelo técnico do Internacional quando perguntado sobre o que o time gaúcho precisa fazer para se manter na disputa do título do Campeonato Brasileiro. “No segundo turno, as partidas são mais duras e precisamos buscar pontuação com regularidade de performance”, disse Odair Hellmann à Coluna do Boleiro. Ele está de olho na sequência que terá com três jogos difíceis contra o Cruzeiro, em Belo Horizonte (domingo, dia 02/09), Flamengo, em Porto Alegre (quarta, dia 05) e Grêmio, no Beira Rio (no dia 09). “Já tivemos sequência assim antes e nos saímos bem. Está é mais uma”, afirmou.

Hellmann, 41 anos, o dirige o time que está em segundo lugar no Campeonato Brasileiro, com 42 pontos, três a menos do que o líder São Paulo. Há seis jogos, o Internacional não sofre gols. Foram cinco vitórias e um empate, com nove tentos marcados contra nenhum sofrido. Em 21 rodadas, foram 12 gols contra, desempenho só superado pelo rival Grêmio, que levou 11 gols até agora. Em compensação, o ataque colorado mandou a bo0la para as redes 28 vezes, sendo o quinto melhor ataque do Brasileiro. Para o treinador, são números que mostram uma qualidade: “Nosso time ataca e defende de forma equilibrada”, falou.

Depois do dia 9 de setembro, o Internacional só terá mais duas sequências de jogos a cada quatro dias. O Internacional, como o São Paulo, poderá ter semanas cheias para treinar. Vantagem? Odair acha que nem tanto. “Ajuda na recuperação dos jogadores e dá tempo de treinar a equipe melhor, mas isso não é garantia de que vamos ter vantagem sobre outros times. Dou como exemplo os dois confrontos entre Grêmio e Flamengo. No primeiro confronto, pela Copa do Brasil, com times titulares, o jogo terminou empatado em um a um. Três dias depois, o Grêmio reserva venceu o Flamengo titular no Brasileiro”, argumentou.

Para reforçar o argumento, Hellmann lembra que os dois times mais competitivos que o Internacional enfrentou no Campeonato Brasil são Grêmio e Palmeiras. “Com o Luiz Felipe Scolari, o Palmeiras aumentou muito a competitividade. Contra a gente domingo, eles marcaram muito, especialmente no primeiro tempo”.

Para o confronto contra o Cruzeiro, o técnico poderá contar com o atacante William Pottker, que cumpriu suspensão automática. O lateral Fabiano e o zagueiro Emerson Santos também estarão à disposição. Eles não enfrentaram o Palmeiras por causa de uma cláusula no contrato de empréstimo junto ao Palmeiras. Desfalque certo será Rodrigo Moledo, que recebeu o terceiro cartão amarelo. Alguns jogadores do elenco colorado estão voltando aos jogos. É o caso do argentino D’Alessandro, que já entra nas partidas. Leandro Damião ainda está se recuperando de lesão.

.

 


Mais posts

Ver mais
X

Copyright © 2018 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.