Economia

Taxas futuras de juros têm viés de baixa e pouca liquidez

Os juros futuros recuam na manhã desta segunda-feira, 19, acompanhando o tom positivo no exterior e a queda do dólar ante o real. O movimento, no entanto, é limitado por alguma cautela local com preocupações com o fiscal especialmente, e antes do leilão de NTN-B do Tesouro (11h). A liquidez é bem reduzida. Às 9h28, o DI para janeiro de 2027 estava em 7,06%, de 7,08% no ajuste de segunda-feira. O DI para janeiro de 2023 marcava 4,96%, de 4,98% no ajuste anterior. O vencimento para janeiro de 2022 exibia taxa de 4,95%, de 4,98% no ajuste de ontem.

Veja também

+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Aprenda 5 molhos fáceis para aproveitar o macarrão estocado
+ Aprenda a preparar o delicioso espaguete a carbonara
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ Cientistas desvendam mistério das crateras gigantes da Sibéria
+ Sexo: saiba qual é a melhor posição de acordo com o seu signo
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Editora estreia com o romance La Cucina, uma aventura gastronômia e erótica

Tópicos

taxas de juros