Esportes

Tandara reforça opinião crítica sobre a presença de mulheres trans no vôlei

Crédito: Reprodução CBV

Contrário a participação de mulheres transexuais no vôlei feminino, a jogadora Tandara reforçou sua opinião neste semana durante entrevista ao “Oz Pod”, podcast. Apesar da sua posição, a Campeã Olímpica pela Seleção Brasileira disse respeitar a decisão da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV).

“Primeiramente, eu vou deixar bem claro que eu respeito a Tifanny, nós nos comunicamos, nós nos falamos sempre, eu tenho um respeito muito grande por ela, sabe? Eu sei das lutas dela como ser humano, enfim. Eu acredito muito que cada um tem que ocupar o seu espaço, mesmo, e tem que brigar por isso. Em 2018, eu dei uma entrevista, inclusive eu estava aqui em Osasco, quando eu disse que não concordava. E realmente essa minha opinião não muda, porque eu acredito de verdade que não seja justo”, disse a oposta.

Tiffany em treino pelo Osasco (Reprodução Instagram)

Atualmente, a jogadora está suspensa provisoriamente após testar positivo para ostarina, substância proibida, em exame no último mês de julho antes dos Jogos de Tóquio. Tandara considera o tema delicado e projetou o que espera quando retornar às quadras, já que vai atuar ao lado de Tifanny pelo Osasco.

“É bem complicado principalmente falar disso, porque quando eu dei essa entrevista as pessoas levaram para um outro lado, falando que eu era transfóbica. Eu respeito, né? Então, assim, eu não concordo, porém, eu faço parte de um grupo em que tem a CBV como representante do voleibol e se eles, que são os órgãos importantes, eles autorizaram, eu tenho que respeitar essa opinião. Mesmo que eu não aceite, mesmo que eu não concorde, eu tenho que respeitar. E por isso eu respeito ela como ser humano e hoje, dando tudo certo, eu não vejo a hora da gente jogar junto. E é uma experiência que eu vou ter com ela, eu não tive isso antes. Nós nunca jogamos juntas. Jogamos contra só. Querendo ou não, a vinda dela para Osasco teve muito a minha influência. O Luizomar (Moura, técnico) entrou em contato comigo, pediu: “Liga pra ela”. Como eu tinha dado essa entrevista lá atrás, é uma coisa que ficou meio ali… Como eu já fazia parte do time, ele me ligou para que a gente conversasse. Eu fui uma das principais pessoas a ligar para ela e falar: “Vem jogar comigo. Vamos jogar junto. Vai ser bacana. Vamos ter essa experiência”. Tanto que ela até brinca: “Tem a pitbull, e eu sou a Rottweiler””, relembrou Tandara.


Saiba mais
+ Morre a atriz Noemi Gerbelli, a diretora Olívia da novela 'Carrossel', aos 68 anos
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais

Tópicos

Tandara Tiffany