Rodrigo Pacheco

criticou decisão da justiça
OPINIÃO
Presidente do STF:
museu do holocausto repudiou ato