queixa-crime

chamou presidente de vagabundo
postagem no Twitter