militares

ainda na ativa
cargos de chefia
decisão da Justiça Militar
revolta no quartel
Amazonas
remunerações maiores