maioria

não será mais argumento
infraestrutura em locais públicos
condenado pelo tre-rj