empresários

decisão presidencial
encontro improvisado