Geral

Suspeito pela morte de dona de casa foge e crime causa comoção nas redes sociais

Crédito: Reprodução/Facebook

Alessandra Oliveira da Silva, 34, foi morta por um tiro na última quinta-feira (17), em uma comunidade de Guarujá, litoral de São Paulo. Na ocasião ela foi socorrida e disse ter sido atingida pelo ex-companheiro, com quem teve um relacionamento abusivo e violento e estava separada há cerca de três meses, segundo pessoas próximas. O suspeito fugiu após o crime. As informações são do g1.

O tiro atingiu a coluna da dona de casa, que foi hospitalizada, transferida para outra unidade de saúde e não resistiu. Nas redes sociais, amigos e familiares lamentam o ocorrido e o caso está repercutindo entre os internautas.


“Me pergunto até quando isso vai acontecer. O homem não tem o direito de tirar a vida de uma mulher, de uma mãe. Que sua morte não seja em vão. Todas nós mulheres choramos a sua perda”, compartilhou uma conhecida de Alessandra.

Outra amiga declarou: “Não estou acreditando. Que dor saber que não vamos mais nos encontrar. Não tenho nem palavras pra descrever, uma dor que não sei explicar.”

Mulheres estão comentando o caso e repudiando o feminicídio, com comentários como “Quando uma mulher morre, todas nós morremos juntas”, “Quando as mulheres poderão viver em paz?” e “A justiça ainda é falha.. Mais uma mulher se foi pelas mãos de um homem”.