Mundo

Suspeito de assassinato é linchado em praça pública na Bolívia

Suspeito de assassinato é linchado em praça pública na Bolívia

(Arquivo) Pessoas se manifestam na localidade de San Julián em 3 de maio de 2008 - AFP/Arquivos

Um homem suspeito de assassinar um jovem foi linchado na segunda-feira por uma multidão na cidade de Santa Cruz, leste da Bolívia.

“As autoridades, tanto da Polícia como do Ministério Público, foram atropeladas por uma multidão enfurecida, que pegou os suspeitos do assassinato, na sexta-feira, de um jovem de 17 anos para roubar sua motocicleta”, disse Freddy Larrea, promotor de Santa Cruz, responsável pela jurisdição de San Julián, local do linchamento.

As autoridades locais anunciaram que uma “pessoa morreu, enforcada, na praça da cidade”, informou Larrea.

Uma fotografia do site da rádio Erbol mostra o corpo quase nu de Yonny Pizarro, de 38 anos, enforcado em uma árvore.

Um cúmplice do suspeito morto foi agredido e queimado, segundo o jornal El Deber. O homem foi internado em uma clínica local onde permanece “com diagnóstico reservado pela gravidade dos ferimentos”.

Outros dois cúmplices estão detidos.

Em janeiro, uma mulher acusa de roubo em uma região do norte de La Paz foi amarrada por uma multidão em uma árvore repleta de formigas. Ela faleceu em consequência dos ferimentos.

Veja também

+ Por falta de provas, Justiça nega pedido da defesa da ex-mulher do atacante Dudu
+ Namoro de Angela Ro Ro chega ao fim e ela desabafa: “Fui traída e usada”
+ Cantora Patricia Marx se assume lésbica aos 46 anos de idade
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior