Geral

Família carbonizada no ABC: Suspeito confessa envolvimento na morte e acusa filha do casal

Crédito: Reprodução TV Globo

O terceiro suspeito preso pelo assassinato de uma família em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, confessou ter participado do crime. Juliano de Oliveira Ramos Júnior também afirmou que a prima Carina Ramos e a namorada dela Ana Flávia Gonçalves – filha do casal morto – também têm envolvimento no assassinato. As informações são da TV Globo.

O crime cometido no último dia 28 resultou na morte do casal Flaviana e Romuyuki Gonçalves, além do filho Juan Victor, de 15 anos. De acordo com a Polícia Civil, mais dois suspeitos foram presos e um sexto suspeito ainda é procurado.

De acordo com o depoimento de Juliano à polícia, ele, Ana Flávia, Carina e mais dois comparsas se reuniram para planejar o roubo à casa da família, em um condomínio fechado em Santo André, também no ABC Paulista. O grupo tinha a informação de que a família tinha R$ 85 mil guardados em um cofre na residência. Como não acharam o dinheiro, Carina e Flávia concordaram em matar as vítimas.

Juliano está preso temporariamente desde segunda-feira (3) e foi transferido para uma cadeia de presos provisórios em São Caetano do Sul. Ana e Carina foram detidas no dia 29 de janeiro e estão no 7º Distrito Policial (DP) de São Bernardo. Os outros dois presos são Guilherme Ramos da Silva e Michael Robert dos Santos.

Investigadores responsáveis pelo caso acreditam que o crime já esteja quase esclarecido. Na sequência, os outros suspeitos precisam ser identificados e indiciados. Além disso, a polícia deve enquadrar os suspeitos nos crimes a que eles responderão.