Geral

‘Superlua’ aparece no céu nesta terça-feira

Crédito: Andreas SOLARO / AFP

Superlua na Itália (Crédito: Andreas SOLARO / AFP)


Nesta terça-feira, 19, a Lua ficou mais cheia e mais próxima da Terra em um fenômeno conhecido como “superlua”. O satélite natural pode ser visto em São Paulo às 19h02.

De acordo com Roberto Dias da Costa, professor do Departamento de Astronomia da USP, a hora exata do nascimento da Lua varia de cidade para cidade pois depende da latitude e longitude do lugar. Segundo Costa, o por do Sol foi às 18h44 e não coincidiu com o nascer da Lua. A Lua chegou a sua distância mais próxima da terra às 6h07 desta terça-feira, 19, e tecnicamente este momento chama-se “perigeu da Lua”. A fase cheia do satélite começou às 12h53 de hoje.

Segundo a Agência Aeroespacial dos Estados Unidos (Nasa), quando uma Lua está cheia e no perigeu, ela aparece 7% maior, por sua proximidade da Terra, e 15% mais brilhante – porque reflete mais luz do Sol para a Terra – do que uma Lua cheia normal.

Veja imagens da “superlua”pelo mundo:

 

Superlua na França (Crédito:LOIC VENANCE / AFP)
Superlua na Grécia (Crédito:LOUISA GOULIAMAKI / AFP)
Superlua na Grécia (Crédito:Valerie GACHE / AFP)

Horário

A “superlua” desta terça-feira foi a segunda de 2019. Em janeiro ocorreu a “lua de sangue”, por causa do tom avermelhado que a lua adquiriu. No entanto, o fenômeno incluiu simultaneamente um eclipse lunar total em todas as Américas do Norte e do Sul.

De acordo com a Nasa, a lua fica extremamente grande quando sobe e se põe.  Essa “ilusão da Lua” acontece quando o satélite

está perto do horizonte e há objetos dentro de nossa linha de visão, como árvores ou edifícios. Como esses objetos relativamente próximos estão na frente da lua, nosso cérebro é levado a pensar que a lua está muito mais próxima dos objetos que estão em nossa linha de visão, segundo a Nasa.

A terceira e última superlua do ano será no dia 19 de março.





Tópicos

astronomia superlua