Brasil

STJ concede prisão domiciliar para Fabrício Queiroz e sua esposa

Crédito: Reprodução

O benefício concedido ao ex-assessor de Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), Fabrício Queiroz, e sua esposa, Márcia Aguiar, foi uma decisão do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha, nesta quinta-feira (9).

Como o STJ está de recesso, por conta disso o responsável pelo plantão judiciário é o presidente da Corte.

Vale lembrar que tanto Queiroz como a esposa, que estava sendo procurada, deverão ser monitorados por tornozeleira eletrônica.

Ambos são investigados no caso da “rachadinha” no gabinete de Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj).

Conforme o alegação do Ministério Público, o senador nomeava assessores e recolhia parte dos seus salários pra um grupo, no qual o ex-policial militar Fabrício Queiroz era membro e responsável pelo recolhimento dos vencimentos dos funcionários.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

Veja também

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?