Economia

Stellantis prevê margem de lucro de até 7,5% em 2021; ação sobe 2,5% em Milão


A Stellantis, empresa criada a partir da fusão das montadoras Fiat Chrysler e Peugeot, disse nesta quarta-feira (3) que espera atingir margem de lucro operacional ajustada de 5,5% a 7,5% em 2021, seu primeiro ano de operação. A meta considera que não haverá bloqueios significativos durante a pandemia de covid-19.

A diretoria da Stellantis também aprovou uma distribuição já anunciada de 1 bilhão de euros a acionistas, a ser proposta em assembleia anual marcada para 15 de abril.

Antes da fusão, a Fiat Chrysler teve receita de 86,68 bilhões de euros em 2020, ante 108,19 bilhões de euros um ano antes. O lucro após impostos caiu de 6,63 bilhões de euros em 2019 – quando a montadora vendeu sua unidade Magneti Marelli – para 24 milhões de euros no ano passado.

A receita da Peugeot em 2020 somou 60,73 bilhões de euros, ante 74,73 bilhões de euros um ano antes. Já seu lucro líquido diminuiu para 2,17 bilhões de euros no último ano, de 3,20 bilhões de euros em 2019. Às 6h50 desta quarta-feira (de Brasília), a ação da Stellantis avançava 2,5% na Bolsa de Milão. (Com informações da Dow Jones Newswires).


+ MS: Homem que revelou amante pouco antes de ser intubado deixa UTI-covid
+ Ratinho critica Dudu Camargo: ‘Só o Silvio gosta dele’



Veja também

+ Receita de bolinho de costela com cachaça
+ Descoberta no deserto do Kalahari leva a revisão da origem humana
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS