Geral

SP: Suspeito de assassinar estudante da Unicamp com 28 facadas é preso

Crédito: Divulgação/ Polícia Civil

Michael Douglas da Silva é suspeito de matar Mayara Roquetto Valentim (Crédito: Divulgação/ Polícia Civil)

O jovem Michael Douglas da Silva, de 28 anos, foi preso nesta quarta-feira (18), em São João da Boa Vista (SP). Ele é suspeito de assassinar com 28 facadas a estudante da Unicamp Mayara Roquetto Valentim, no domingo (15).



+ Pedra extraterrestre traz primeiras pistas de supernova para a Terra
+ Autoescola pode deixar de ser obrigatória para tirar a CNH
+ Faça chocolate quente com uísque e mande o frio embora
+ Os signos mais mentirosos do zodíaco

Segundo o G1, a prisão foi feita pela Polícia Civil e pelo Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep) da Polícia Militar de Piracicaba (SP) em uma área de mata da cidade. Silva foi levado para a Delegacia Seccional de São João da Boa Vista.

O suspeito sofre de esquizofrenia e morava com os pais em São João da Boa Vista. Conforme as investigações, no sábado (14), Michael teria apontado uma arma para a vizinha em uma pensão, mas os disparos falharam.

“Ele atraiu sua vizinha até o quarto e pediu para ela ajudar a puxar um armário. Assim que ela entrou, ele deu uma coronhada na cabeça dessa moça e efetuou dois disparos, mas a arma falhou. Eles entraram em luta corporal, ela pediu socorro e ele fugiu”, explicou o delegado Fabiano Antunes.

Na sequência, o homem teria entrado em uma área de mata, onde encontrou Mayara e a matou. “Ele tem passagens pela polícia por crime de violência doméstica e porte ilegal de arma”, disse o delegado.

De acordo com a Polícia Militar, Mayara havia saído de casa para fazer uma caminhada e não retornou. As autoridades informaram que a vítima foi localizada com ferimentos de faca no braço, mão, tórax e cabeça.