Geral

SP: Policial é morto a pauladas e tiros após ser sequestrado em baile funk

Crédito: Reprodução/ Facebook

Um policial militar foi sequestrado e brutalmente assassinado na madrugada deste domingo (8) em Bertioga, no litoral de São Paulo. O soldado PM Gledson Silva de Gusmão, de 38 anos, ia para um baile funk com uma amiga, quando foi abordado por dois suspeitos, que o levaram para uma área deserta, próxima a um mangue. As informações são do jornal A Tribuna.

De acordo com a reportagem, a amiga do PM, de 15 anos, teria dito a ele que tinha curiosidade em conhecer um baile funk. A vítima se propôs a levar a garota ao local, mas ao chegar lá, o policial foi reconhecido por criminosos, que o abordaram e o assassinaram em seguida.

Segundo a Polícia Militar, a vítima foi encontrado, após a esposa de Gledson acionar a corporação. O corpo do policial tinha dois tiros na cabeça, várias pauladas, escoriações e marcas de facadas na cabeça. O PM portava uma pistola calibre .40 e 15 munições, que foram roubadas pelos assassinos.

Ainda de acordo com A Tribuna, Gledson Silva de Gusmão trabalhava na área da 4ª Cia do 22º BPMM de Bertioga. O corpo da vítima foi encaminhado ao IML de Santos. A chefia de investigação da Delegacia Sede de Bertioga foi acionada.

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago