Geral

SP: Polícia investiga estupro coletivo contra jovem, 5 suspeitos confirmam a relação sexual

Crédito: Pixabay

Imagem ilustrativa (Crédito: Pixabay)

Uma jovem, de 24 anos, foi vítima de um estupro coletivo em Praia Grande, no litoral de São Paulo, há uma semana. Segundo a Polícia Civil, pelo menos cinco suspeitos teriam mantido relações sexuais com ela, sem consentimento. As informações são do G1.

Segundo a delegada da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), Lyvia Bonella, a vítima encontrou com algumas pessoas na praia e de lá foram até uma adega, onde compraram diversas bebidas alcoólicas.


Na adega, ela encontrou um rapaz conhecido que a convidou para ir à sua residência. Os dois subiram para o andar superior para ter relações sexuais, mas não foi consumado. Neste momento, cinco homens entram no quarto e estupram a jovem.

Ela é retirada do local pelo rapaz que não consumou o ato, e levada para o Hospital Municipal de Praia Grande, onde os primeiros atendimentos foram feitos e constatados hematomas pelo corpo da jovem.

A polícia foi acionada e registrado um boletim de ocorrência de estupro de vulnerável, pois a vítima estava embriagada.

Em seu depoimento, ela informou que não se lembra de tudo o que aconteceu, mas viu o momento em que os homens a violentaram. Na reconstituição do crime, a vítima reconheceu o local e um dos suspeitos.

A Polícia Civil ainda não sabe exatamente quantos homens estão envolvidos. Porém, sete já foram interrogados e cinco confirmaram que tiveram relações sexuais com a jovem, mas afirmam que foi consentido.

Por não ter sido em flagrante, nenhum dos suspeitos está preso. A roupa da jovem está no Instituto de Criminalística (IC) e ela fez exames no Instituto Médico Legal (IML).

O crime ainda está sendo investigado.