Geral

SP: Polícia investiga desparecimento de modelo mirim no litoral

Crédito: Arquivo pessoal

A modelo mirim Emily Dias, de 14 anos, está desaparecida desde a madrugada de sábado (21). De acordo com os pais da menina, que moram em Itanhaém, eles viram um carro saindo da rua por volta das 4h da manhã e a maçaneta da casa estava quebrada. Em depoimento à polícia, eles contaram que foram acordados pelos latidos do cachorro. As informações são do G1.

Conforme o relatos dos pais de Emily, eles levantaram, foram até o quarto das duas filhas e viram que a adolescente não estava lá. A mãe ainda alegou à polícia que ouviu a filha gritar por socorro. A mulher relatou que a filha estava sem celular e nenhum item do quarto, como roupas ou objetos, foram levados.

“A gente está desesperado, a gente não está fazendo mais nada a não ser procurar a Emily, não sabemos o que está por trás. Estamos desesperados”, disse a mãe ao G1. O Conselho Tutelar está acompanhando a situação.

A Polícia Civil está investigando o caso, que foi registrado como sequestro e cárcere privado, na Delegacia Seccional de Itanhaém. As investigações serão encaminhadas ao 2º Distrito Policial da cidade, responsável pela área dos fatos.

Veja também

+ Cantora MC Venenosa morre aos 32 anos e família pede ajuda para realizar velório
+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Idoso morre após dormir ao volante e capotar veículo em Douradoquara; neto ficou ferido
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel