Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

Um local que servia de cativeiro para motoristas de aplicativo foi desmontado por policiais do Departamento de Investigações Criminais (DEIC) nesta quinta-feira (7), em uma favela de São Paulo. No local foram encontradas cordas feitas de tecido, restos de alimentos, embalagem para drogas e roupas velhas, mas nenhum sinal de morador. As informações são do G1.

Conforme a polícia, duas quadrilhas foram presas. As investigações apontam que ao menos dois motoristas de aplicativo foram trazidos para o local. Um deles, Felipe Henrique Duarte, de 28 anos, foi torturado e morto.

De acordo com a polícia, enquanto Felipe esteve no cativeiro, os suspeitos fizeram compras com cartão bancário dele e até tiraram uma foto. Matheus dos Santos, Valmir Monti Júnior e José Marcelo Ferro foram presos suspeitos de envolvimento nesse caso.