Geral

Vídeo: Pastora diz em culto para “meter a mão na cara e pisar no pescoço de filho”

Crédito: Reprodução

Um vídeo da pastora Adriele da Silva Ota, da Assembleia de Deus em São Paulo, viralizou nas redes sociais. Na gravação, feita em agosto durante um culto, a pastora fala sobre a educação de filhos rebeldes.

Durante sua fala, Adriele diz que filhos que enfrentam os pais têm que receber “uma mão na cara e uma pisada no pescoço”. “Se levantar a mão, eu quero o braço, se levantar a mão, eu dou nas suas pernas”, afirmou.

Após a repercussão do vídeo, a pastora afirmou ao Uol que a frase está descontextualizada e que não quis incitar a violência.

“Eu falo de um jeito que é para a população entender. Jamais diria para um pai ou mãe bater no próprio filho, mesmo que ele tenha feito isso com eles. A frase é uma metáfora para dizer ‘olha, você precisa mostrar quem é que manda em casa, não pode deixar seu filho fazer o que quiser, tem que mostrar qual é a regra'”, explicou ao Uol.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel