Economia

SP: Parceria da prefeitura com associação de supermercados coleta mais de 16 toneladas de mantimentos

Volume foi recebido em 102 pontos de coleta em supermercados da capital; mantimentos compõem as cestas básicas entregues pelo programa Cidade Solidária para as famílias que mais sofrem o impacto econômico da pandemia

Crédito: Divulgação

Iniciada em maio de 2021, a parceria entre a Prefeitura de São Paulo e a Associação Paulista de Supermercados (APAS) permitiu a arrecadação de mais de 16 toneladas de mantimentos para o programa Cidade Solidária, por meio da colaboração de paulistanas e paulistanos. Com o sucesso, esta iniciativa que disponibiliza 102 pontos de coleta de doações em supermercados em diversos bairros da capital foi prorrogada por mais um mês, e seguirá em operação até o começo de julho.

Os produtos arrecadados vão compor as cestas básicas que serão enviadas para as pessoas que mais sofrem o impacto da pandemia. Lançado pela Prefeitura de São Paulo em abril de 2020, o Cidade Solidária busca garantir a segurança alimentar e a saúde básica das populações mais vulneráveis durante a pandemia. O programa, que já distribuiu mais de 4,8 milhões de cestas básicas e 1,3 milhão de kits de higiene em todas as regiões, empreende ações coordenadas entre o poder público municipal, sociedade civil organizada e iniciativa privada para ajuda humanitária.

Além dos pontos de coleta em supermercados, os paulistanos podem realizar suas doações ao Cidade Solidária em 20 equipamentos da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC), pasta de coordena o programa, ou no galpão da Cruz Vermelha Brasileira São Paulo.

O programa Cidade Solidária cadastrou 3,4 mil entidades sociais que realizam a distribuição das cestas básicas. Somente este ano foram 2000 organizações cadastradas, número 42% superior ao total de solicitações de todo o ano anterior. Todos os dias, cerca de 30 caminhões circulam por todas as regiões da cidade distribuindo as cestas básicas e kits de higiene e limpeza do projeto para as entidades, que por sua vez fazem chegar estes alimentos nas mãos de quem mais precisa.

Como doar

A população pode doar alimentos não perecíveis e itens de higiene e limpeza, que irão compor as cestas básicas e kits entregues às famílias mais impactadas pelos reflexos econômicos da pandemia.  As empresas e cidadãos também podem fazer doações para o programa Cidade Solidária por meio do PIX utilizando a chave: contato@spcidadesolidaria.org. Veja aqui a lista completa dos 123 endereços de coleta e formas de doar, assim como uma relação dos itens que compõem as cestas básicas e kits de higiene e limpeza.

Outras ações

No âmbito do programa Cidade Solidária, a Prefeitura também desenvolveu em abril de 2020, por meio da SMDHC, a inovação social Rede Cozinha Cidadã, que já distribuiu à população de rua mais de 3 milhões de refeições prontas, em parceria com restaurantes credenciados. Para a distribuição das marmitas, foram escolhidas as regiões da Sé, Mooca, Lapa, Vila Mariana, Santo Amaro, Pinheiros, Santana e Vila Leopoldina, com base no Censo PopRua 2019.

O Rede Cozinha Cidadã também visa a retomada da dinâmica de restaurantes que correm o risco de fechar as portas, com limitação de funcionamento ou pela diminuição de pessoas, proporcionando a manutenção da cadeia produtiva de alimentos. Nesse sentido, foram beneficiados mais de 100 restaurantes nessas condições. O estabelecimento recebe R$ 10 por refeição fornecida.

Com o agravamento da pandemia, no dia 30 de março de 2021, o prefeito Bruno Covas anunciou a ampliação do Rede Cozinha Cidadã de 7,5 para 10 mil marmitas distribuídas diariamente, atendendo também as regiões do Aricanduva, São Mateus, Penha e Casa Verde. Além disso, também foi anunciada a criação do Rede Cozinha Cidadã Comunidades, que expande a inovação social para atender 35 comunidades que possuem alto índice de vulnerabilidade no município, entregando cerca de 20 mil marmitas diariamente para assistir essa população. No total, já foram distribuídas quase 1 milhão de marmitas por este programa.

Contamos com o apoio de todos e todas para dar maior fôlego a essa ação de solidariedade tão importante para as pessoas de nossa cidade.

Você pode colaborar impulsionando as redes sociais da Prefeitura de São Paulo (@prefsp) e da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (@direitoshumanos.sp), e acompanhando as ações por meio do site spcidadesolidaria.org

Veja também
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago