Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

A Polícia Civil de Olímpia (SP) apura as circunstâncias da morte de um recém-nascido, de apenas 17 dias de vida, que deu entrada em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com hematomas em diferentes partes do corpo. Por causa disso, a mãe do bebê foi presa temporariamente. As informações são do G1.

Conforme o boletim de ocorrência, os pais do recém-nascido disseram na UPA que o filho havia se engasgado com leite.

O bebê chegou na unidade de saúde sem os sinais vitais e, por isso, os médicos tentaram reanimá-lo, mas ele não resistiu. Na sequência, o corpo do recém-nascido foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exame de autópsia.

Depois de ser detida, a mãe do recém-nascido seguiu para a cadeia de Bebedouro (SP). O caso continua sendo investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).