Cultura

SP irá destinar R$ 189 mi para renda básica de 63 mil profissionais da cultura

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou R$ 189 milhões para a renda básica de 63 mil profissionais da cultura em São Paulo. A medida faz parte de iniciativas ao setor cultural viabilizadas por repasses do governo federal por meio da Lei Aldir Blanc.

Em média, cada profissional receberá cerca de R$ 3 mil pela renda básica. Segundo informou o secretário de Cultura do Estado, Sérgio Sá Leitão, trabalhadoras mulheres que sejam chefes de famílias monoparentais deverão receber em dobro. Doria anunciou também R$ 75 milhões em editais culturais. Ao todo as medidas somam R$ 264 milhões de R$ 566 milhões em repasses esperados pelo governo federal.

Segundo Sá Leitão, o governo oferecerá ainda 1 milhão de ingressos a preços populares para 500 cinemas, teatros e circos nos três primeiros meses de 2021. “É uma forma de impulsionar a retomada do setor cultural e criativo de São Paulo e estimular a volta ao hábito de consumo de cultura fora de casa”, disse o secretário durante entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista.

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Pudim japonês não tem leite condensado; aprenda a fazer

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ Mulher sobe de salto alto montanha de 4 mil metros

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar