Geral

SP: Homem usa ‘montagens de sexo’ para atacar mulheres

Crédito: Pixabay

A Polícia Civil de São Paulo indiciou um homem, de 35 anos, pelos crimes de difamação e invasão de dispositivo informático em Registro, no interior de São Paulo. De acordo com a denúncia das vítimas, o suspeito conseguiu as senhas das contas Google de três mulheres, pegou fotos das vítimas, fez montagens e postou em um perfil fake nas redes sociais, com o intuito de difamá-las. As informações são do G1.

As vítimas, de 21, 33 e 39 anos, denunciaram o caso no último dia 19 de julho, no 1º Distrito Policial de Registro. Conforme as mulheres, após as montagens de cunho sexual serem divulgadas, elas passaram a receber mensagens e ouvir comentários depreciativos.

Conforme as investigações da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Registro, o autor do crime também mora na mesma cidade das mulheres. O suspeito, que já possui passagem criminal pelos crimes de estupro e assédio sexual, é egresso do sistema prisional.

Ainda segundo as investigações, ele não conhecia as vítimas e as escolhia de forma aleatória, tendo como alvo as mulheres que achava bonitas.

Após conseguir acesso a conta da vítima, ele escolhia fotos normais e fotos íntimas da mulher. Depois, ele editava, fazia montagens e publicava em um perfil falso. Nas postagens, ele dava a entender que se relacionava com elas e as difamava.

Em depoimento, o suspeito confessou a prática do crime e apagou a conta de perfil falso com as postagens que fez das vítimas.