Geral

SP: Gruta onde nove bombeiros civis morreram passa por perícia

Crédito: Divulgação

A  Gruta “Duas Bocas”, em Altinópolis (SP), onde nove bombeiros civis morreram e sete ficaram feridos após um desabamento do teto, passará por perícia nesta segunda-feira (1º) para entender a dinâmica do incidente.

O desabamento ocorreu na madrugada de domingo (31) e os trabalhos de resgate demoraram o dia todo. Conforme o Corpo de Bombeiros 28 pessoas – entre bombeiros e instrutores – estavam fazendo um treinamento no local quando o teto desabou.  No total, 10 pessoas ficaram soterradas e seis ficaram levemente feridas no incidente.

Das 10 pessoas soterradas, apenas uma foi resgatada com vida e está internada no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto. Os outros seis feridos tiveram machucados leves e receberam alta ainda no domingo.

O grupo estava em uma propriedade particular fazendo o treinamento da escola Real Life. As pessoas eram de Franca, Ribeirão Preto e de Batatais, todas da região, e iriam passar a noite no local.

A gruta, que está localizada próxima à caverna de Itambé, um dos principais pontos turísticos da região, fica em uma propriedade privada.

Por meio das redes sociais, o governador de São Paulo, João Doria, lamentou a tragédia. “Os bombeiros de SP terminaram há pouco o trabalho de buscas em Altinópolis. Meus sentimentos aos familiares e amigos dos 9 bombeiros civis que perderam a vida nessa tragédia”, escreveu.

* Com informações da Ansa