Geral

SP: Fãs de Justin Bieber acusam cambistas de assédio, furtos e agressões na fila por ingressos

Crédito: Divulgação/ Memorial da América Latina

Fãs do cantor Justin Bieber acusaram cambistas de assédio, furtos de celulares e agressões na última quarta-feira (20), enquanto aguardavam na fila do Memorial da América Latina, em São Paulo, para comprar ingressos para o show do artista em setembro no Allianz Parque. As informações são do G1.

Nas redes sociais, diversos internautas compartilharam relatos de crimes cometidos pelos cambistas. Em uma das postagens, uma fã aparece com as mãos com sangue. “Só queria dizer que foi uma humilhação essa compra presencial e vou expor 100% que levei um soco do nada na fila e ngm [ninguém] me deu suporte”, escreveu a jovem.

Outros fãs relataram ter tido seus celulares roubados pelos vendedores clandestinos. Internautas também relataram que os cambistas coagiram pessoas que esperavam para comprar o ingresso e furaram a fila diversas vezes.

“Eles [cambistas] mexiam com todas as meninas que passavam, chamando de princesinha, gatinha, um soltou : ‘Essa aí é até gostosa’. Foi horrível”, contou ao G1 a estudante Caroline França Pedrozo, de 18 anos.

Em nota ao G1, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou que não tem registros dessas ocorrências no local. No entanto, recomendo que as vítimas procurem a Polícia Civil e a Polícia Militar (PM) para registrar as queixas.

Ainda segundo a SSP, a PM chegou a ser acionada para uma queixa de problemas com a compra de ingressos. Porém, o caso não foi registrado na delegacia porque foi resolvido no local. “A ocorrência foi resolvida entre as partes no próprio local, sem necessidade de registro na Polícia Civil”, informou a SSP.