Geral

SP: Ex-namorado confessa ter matado estudante a tiros

Crédito: Reprodução

Juliana Fernandes Cândido foi morta a tiros em Pindamonhangaba (Crédito: Reprodução)


Juliana Fernandes Cândido, de 19 anos, foi morta a tiros na noite da última quinta-feira (19), em Pindamonhangaba, no interior de São Paulo. A jovem estudante tinha acabado de sair da escola onde fazia curso técnico de enfermagem e seguia em direção ao carro do pai, quando foi assassinada. O ex-namorado da vítima foi preso pela polícia e confessou o crime. As informações são do R7.

A Polícia Militar informou que por volta das 22h, Juliana seguia para o carro em que o pai a esperava, quando um homem se aproximou pelas costas, e no momento que ela abriu a porta do veículo, deu dois disparos à queima-roupa.

O pai tentou socorrer a estudante, mas ela morreu no local. O crime foi flagrado por uma câmera de segurança.

Renan Fernandes, irmão de Juliana, falou ao UOL sobre o crime: “Estamos todos arrasados, principalmente meu pai que viu tudo. O pior trauma que um pai pode ter”.

Segundo a ocorrência registrada, Juliana havia terminado o relacionamento recentemente, e o rapaz não aceitava o término.

Conforme a reportagem do R7, ela se queixava para as amigas sobre o jeito agressivo do ex-namorado.

A polícia não divulgou a identidade do rapaz.