Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

Um homem, de 57 anos, foi preso na quinta-feira (23), em Mongaguá, no litoral de São Paulo, acusado de estuprar a própria filha. Em uma carta para a mãe, a adolescente, de 16 anos, relatou que o pai a estuprava constantemente desde que tinha 5 anos. De acordo com a jovem, o pai ameaçava matar ela e o irmão caso contasse a alguém sobre o que acontecia. As informações são do Uol.

Conforme a Polícia Civil, após ler a carta, a mãe denunciou o homem, que confessou os abusos e teve a prisão cautelar decretada. Em depoimento ao Creas (Centro de Referência Especializado da Assistência Social) do município, a vítima disse que tinha medo de denunciar o que acontecia por conta das ameaças.

Ainda segundo a Polícia Civil, o homem negou ter feito ameaças à vida da filha. Com a prisão cautelar decretada, o homem foi conduzido ao sistema penitenciário. O caso segue para o Ministério Público, que avaliará se existem elementos para a abertura de uma ação na Justiça.