Geral

SP: Detento é condenado por matar esposa em visita íntima

Crédito: Reprodução/Redes sociais

Débora de Carvalho (Crédito: Reprodução/Redes sociais)


No dia 10 de janeiro de 2016, Pedro Antônio Vieira enforcou com uma corda a sua esposa, Débora de Carvalho, durante uma visita íntima no Centro de Detenção Provisório (CDP) de Caraguatatuba, litoral norte de São Paulo. No julgamento, realizado na quarta-feira (24), ele foi condenado a 30 anos de prisão. As informações são do portal R7.

Pedro cumprirá a pena em regime fechado e não poderá recorrer em liberdade.

O réu estava preso no CDP desde 2015 por tentativa de homicídio contra Débora.

Após o ataque, um outro detento, formado como técnico de enfermagem, tentou reanimar a vítima, mas ela não resistiu e veio a óbito.

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) informou, por meio de nota, que Pedro Antônio Vieira foi condenado por feminicídio.


Saiba mais
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua