Esportes

Soteldo busca o primeiro gol pelo Santos na Libertadores, mas afirma: ‘Mais importante são os três pontos’

Na última partida pela competição continental, contra o Olimpia (PAR), atacante esteve perto de 'desencantar', mas acertou a trave

Soteldo busca o primeiro gol pelo Santos na Libertadores, mas afirma: ‘Mais importante são os três pontos’

Fora do empate entre Santos e Botafogo, no último domingo (20), pois estava cumprindo suspensão, o atacante Soteldo se juntou ao elenco do Peixe, que viaja para o Equador para enfrentar o Delfin na quinta-feira (24), às 23h (horário de Brasília), pela quarta rodada do grupo G da Copa Libertadores da América.

No Alvinegro desde janeiro do ano passado, a competição continental é a única na qual o venezuelano ainda não marcou gols. O atacante foi titular e jogou os 90 minutos em todos os três confrontos nesta edição do torneio continental. Na última partida, na qual o Santos empatou em 0 a 0 contra o Olimpia (PAR), na Vila Belmiro, o jogador acertou uma bola na trave.

– Infelizmente contra o Olimpia a bola acabou batendo na trave e não quis entrar. Jogo em busca do gol não apenas na Libertadores, toda vez que entro em campo quero marcar. Quero poder contribuir e contra o Delfín não vai ser diferente – disse Soteldo via assessoria.

No total, o camisa 10 anotou 14 tentos com a camisa santista, sendo dois nesta temporada, um pelo estadual e o outro pelo Brasileirão. Em 2019, Soteldo balançou às redes pelo Paulistão, Brasileiro, Copa do Brasil e até pela Sul-Americana, competição na qual o Peixe fez apenas um gol.

Contra o Delfin, o atleta acredita que a fórmula para voltar para São Paulo com os três pontos é pensar na própria equipe e evitar focar no adversário. Para ele, o foco do elenco precisa ser a vitória, independentemente do autor dos gols.

– Sabemos da dificuldade que encontraremos, a Libertadores é uma competição muito complicada e o Delfín tem uma boa equipe, mas representamos o Santos e precisamos focar sempre na vitória. Não podemos pensar nos nossos adversários, precisamos fazer a nossa parte e fazer por merecer a classificação sem depender de ninguém – pontuou o venezuelano.

– O mais importante sabemos que são os três pontos fora de casa, independentemente de quem fizer gol – acrescentou.

O Santos tem três gols marcados nesta Libertadores. Na estreia, o Alvinegro bateu o Defensa y Justicia (ARG), no estádio Norberto “Tito” Tomaghello, em Buenos Aires, por 2 a 1, com os tentos anotados pelo volante Jobson e o atacante Kaio Jorge. Já na segunda rodada, o Peixe bateu o Delfin, na Vila Belmiro, por 1 a 0, e foi o zagueiro Lucas Veríssimo quem balançou a rede do estádio santista. Na retomada da competição, que ficou seis meses paralisada por conta da pandemia do novo coronavírus, os santistas ficaram no já citado empate sem gols contra os paraguaios do Olimpia.

Veja também

+ Confira 4 dicas para descobrir se o mel é falsificado

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ App permite testar melhor design de sobrancelhas para você

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar