Esportes

Sorteio de grupos da Copa América será feito hoje no Rio

Sorteio de grupos da Copa América será feito hoje no Rio

O técnico da seleção brasileira, Tite, em entrevista coletiva, no Rio de Janeiro, em 21 de setembro de 2018 - AFP

O técnico Tite vai conhecer a partir das 20h30 desta quinta-feira os primeiros obstáculos que terá de superar para prosseguir em paz o seu trabalho na seleção brasileira. Na Cidade das Artes, a poucos metros da sede da CBF, na zona oeste do Rio, ele acompanhará o sorteio dos grupos da Copa América, competição que ocorre no País entre junho e julho. E vencer o torneio em casa um ano após fracassar na Copa do Mundo da Rússia se tornou quase uma obrigação.

O próprio Tite admite o peso de a seleção ter bom desempenho no torneio. “Há a necessidade de vencer a Copa América. Sabemos que não é contrato que segura técnico”, comentou recentemente, dando importância relativa ao fato de que seu acordo com a CBF vai até o final da próxima Copa do Mundo, em 2022. “O treinador só vai chegar lá na frente com vitórias, e tenho consciência disso.”

Em 2016, um fracasso retumbante na Copa América Centenário – uma edição comemorativa, disputada nos Estados Unidos – causou a demissão do técnico Dunga. Na ocasião, o Brasil ficou em terceiro em um grupo que tinha Peru, Equador e Haiti e nem passou de fase.

A pressão por um grande desempenho no torneio, contudo, vai além da manutenção da comissão técnica. O Brasil não vence a Copa América há 12 anos e, desde aquela final de 2007, nunca mais conseguiu ir além das quartas de final.

Na CBF, o discurso é que Tite tem toda garantia de que permanecerá no cargo, independentemente do que aconteça. “Disse ao Tite que se isso (demissão em caso de derrota) o motiva para a disputa da Copa América, pode continuar pensando assim”, brincou o presidente eleito para o próximo quadriênio, Rogério Caboclo, responsável por renovar com o treinador após a Copa da Rússia. “Ele tem contrato até o Mundial do Catar e vai continuar até lá.”

ANFITRIÃO – Com respaldo ou não, o técnico saberá no fim da noite quais serão seus três primeiros adversários na Copa América. Cabeça de chave no Grupo A, o Brasil já sabe que não terá pela frente Argentina e Uruguai na primeira fase.

A retirada das bolinhas dos potes será comandada pelo pentacampeão Cafu, que contará com a ajuda de outros craques, inclusive do presente. Eleita seis vezes a melhor jogadora do mundo, Marta ficará com o pote dos cabeças de chave. Diego Lugano, Javier Zanetti, Francisco Maturana, Romerito, Zé Roberto e Zico também participarão do sorteio. Ronaldinho Gaúcho, que recentemente foi homenageado no Hall da Fama do Maracanã, é outro que estará na cerimônia.

INGRESSOS – A definição dos grupos da Copa América servirá como ponto de largada para a segunda fase da venda de ingressos para a competição. A partir do meio-dia de sexta-feira, um segundo lote com 228 mil bilhetes será colocado à venda. O primeiro terá sua comercialização interrompida às 19h30 de quinta, uma hora antes do sorteio.

Por enquanto, a compra para as entradas da competição sul-americana é feita “às escuras”. A única informação que o torcedor tem é onde a seleção brasileira vai atuar – e isso foi suficiente para esgotar os ingressos disponíveis para os três jogos do Brasil na primeira fase, assim como os da decisão do torneio, marcada para 7 de julho no Maracanã.

Segundo o Comitê Organizador Local (COL) da Copa América, 65% das partidas da competição têm ingressos que variam de R$ 60 a R$ 350 – existe também a opção de meia-entrada.

Mas nas principais partidas do torneio continental o valor é mais salgado. Para a final no Maracanã, por exemplo, o bilhete mais barato sai por R$ 260, podendo chegar a R$ 890.

No próximo mês, o comitê organizador deverá anunciar a venda de um novo lote de ingressos, que incluirá também os pacotes de hospitalidade.