Sommelier de vacinas

Vai chegando o final do ano e começam a surgir notícias sobre a tão esperada safra 2021 de vacinas contra a Covid-19. Os principais produtores começam a liberar informações sobre seus carros-chefes e os aficionados já coletam informações para saber em quais produtos devem investir seu paladar e seu dinheiro.

Agora é apenas uma questão de tempo para que cheguem os primeiros lotes e você possa degustar a sensação de estar protegido contra o mal do século, em casa, com a família ou num jantar com os amigos. Afinal, a vacina aproxima as pessoas. Esquenta as relações e transforma um simples encontro em um evento memorável.
Nada como uma boa vacina para dar um novo sabor à vida.

De acordo com revistas especializadas, como a vacina Spectator este ano, serão tantas as opções que, para aproveitar ao máximo, você vai precisar estudar onde investir e, quem sabe, contar com a ajuda de um especialista.
Algumas vacinas, por exemplo, não revelam suas verdadeiras notas logo na primeira ampola. Para realmente conhecer seus efeitos revigorantes, será necessária uma segunda dose.

Também não será surpresa que você se depare com cardápios complexos e enfrente dificuldade para descobrir qual vacina mais se adéqua ao seu bolso e gosto.

Não tema.

Para seu deleite, preparei um apanhado com a produção das principais Vacinícolas. Assim você já pode ir conhecendo o que vem por aí.

Começo por aquela que tem sido a mais comentada no sofisticado mundo da Vacinação, isso porque, apesar de seus compostos estarem presentes em quase todas as vacinas do passado, esse produtor nunca havia investido tanto numa vacina de marca própria. Falo, é claro, da Vacina Chinesa.

Vale ter cuidado.

Trata-se de um tempranillo de sabor ácido, que harmoniza bem apenas com receitas conspiratórias.

A aparência é de um vermelho intenso e a complexidade é tamanha que pode até mudar o seu RNA, dizem os Vacinólogos mais puristas.

Um deles declarou que quem tomar desta vacina poderá ter filhos com “problemas”.

Que meninos nascerão meninas e vice-versa e que a China fará de tudo para conquistar o mercado mundial.
A declaração viralizou na comunidade dos amantes de vacinas e, apesar do exagero, deve impactar negativamente este lançamento.

A vacina chinesa é um tempranillo de sabor ácido, que harmoniza bem apenas com receitas conspiratórias

Só os mais corajosos vão se aventurar a provar deste blend que combina Sinovac com Butantan.

O segundo produtor que deve chegar ao país é a tradicional Vacinícola Oxford.

Nossa expectativa é que a casa apresente um varietal com toda sua tradição, mas as características do retrogosto ainda são desconhecidas.

Podemos adiantar, entretanto, que seguramente vem por aí uma vacina austera e concentrada. Uma escolha segura para qualquer ocasião, pois harmoniza bem com tudo. Tem mais:

Ainda no início do ano, devemos receber a produção da casa Pfizer.

Trata-se de uma marca muito associada a produtos potentes, amadeirados e encorpados, que levantam os espíritos mais desanimados.

Parece não ser o caso desta nova produção.

Segundo anunciaram esta semana, sua vacina será capaz de agradar a 90% dos consumidores.

Quem experimentou disse tratar-se de um produto frutado com notas florais, fresco e leve. A ver.

Não se sabe exatamente como e quando será feita a distribuição destas vacinas.

O governador de São Paulo, um dos maiores centros consumidores, é um Vacinólogo convicto e prometeu tornar disponíveis esses produtos, o quanto antes.

No entanto é sabido que vem enfrentando dificuldades para convencer as autoridades da importância do Brasil se tornar um pólo na comercialização deste composto mágico que, como os médicos já deixaram claro, é fundamental para uma vida saudável.

Também pudera.

Como todos sabem, o presidente sempre preferiu uma cervejinha.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.