Geral

Somália diz que seca matou 110 de fome nas últimas 48 horas no país


Mogadiscio, 04 (AE) – O primeiro-ministro da Somália, Hassan Ali Khaire, afirmou neste sábado que 110 pessoas morreram de fome nas últimas 48 horas em apenas uma região, no momento em que uma seca dura ameaça milhões de pessoas no país. Trata-se do primeiro balanço de vítimas da fome anunciado pelo governo somali desde que o problema foi declarado um desastre nacional, na terça-feira.

A Organização das Nações Unidas estima que 5 milhões de pessoas deste país do Chifre da África precisem de ajuda, em meio a alertas de uma fome generalizada.

Khaire falou durante uma reunião do Comitê Nacional da Seca Somali. O número de mortos citado por ele se refere apenas à região de Bay, no sudoeste do país. Fonte: Associated Press.


Saiba mais
+ Morre a atriz Noemi Gerbelli, a diretora Olívia da novela 'Carrossel', aos 68 anos
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais

Tópicos

fome seca Somalia