Mundo

Sociais-democratas alemães elegem primeira mulher como líder

BERLIM, 22 ABR (ANSA) – O Partido Social-Democrata (SPD) da Alemanha elegeu neste domingo (22) Andrea Nahles, de 47 anos, como sua nova líder. Ela será a primeira mulher na história a ocupar o cargo.   

Nahles obteve 414 votos (66,35%), contra 172 de sua adversária, Simone Lange. As abstenções totalizaram 38. Apesar da vitória inédita, este foi um dos piores resultados alcançados por um líder eleito no SPD.   

A social-democrata já vinha comandando a sigla interinamente desde a renúncia de Martin Schulz e terá a tarefa de recompactar o partido, dividido por causa das negociações para apoiar o governo da chanceler conservadora Angela Merkel.   

“Estejam conosco contra o populismo de direita, contra o chauvinismo, contra o nacionalismo. Esta deve ser a mensagem do nosso congresso”, afirmou Nahles. (ANSA)