O Dia

Sobe para 20 o número de mortos após incêndio no Badim

O paciente, de 88 anos, estava internado no Hospital Israelita Albert Sabin e foi a óbito nesta segunda-feira. O corpo do idoso, que não teve a identidade revelada, foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML)

Rio – Subiu para 20 o número de vítimas que tinham sido transferidas após o incêndio no Hospital Badim, na Tijuca, ocorrido no dia 12 de setembro. O paciente, de 88 anos, estava internado no Hospital Israelita Albert Sabin e foi a óbito nesta segunda-feira.
O corpo do idoso, que não teve a identidade revelada, foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) e o Hospital Badim aguarda resultado do laudo da necrópsia para identificar se houve correlação com o incêndio.
O Badim disse que dos 103 pacientes (contando as 20 vítimas fatais) envolvidos no incêndio, 11 continuam internados e 72 já tiveram alta. Dos 21 internados, dois, que eram acompanhantes de pacientes, permanecem internados. Todos os colaboradores do hospital já tiveram alta.

“Reforçamos que, diariamente, nossa equipe médica segue acompanhando a evolução do quadro clínico dos pacientes e acompanhantes que deram entrada nas unidades que os acolheram. Reforçamos que a maior parte dos pacientes segue internada para a continuidade do tratamento das patologias que motivaram suas admissões no Hospital Badim e não por conta da inalação de fumaça, uma vez que se trata de uma instituição voltada para o atendimento de casos de alta complexidade cirúrgica e clínica”, disse em nota.

O Badim também mantém um Grupo de Apoio Multiprofissional ativo, através dos canais de suporte aos familiares: whatsapp (exclusivamente por escrito): (21) 97101-3961 e e-mail: suportefamiliares@badim.com.br.