Brasil

Smart Fit é notificada pelo Procon por complicar cancelamentos de planos

Crédito: Reprodução Redes Sociais

Unidade da Smart Fit (Crédito: Reprodução Redes Sociais)

Após receber mais de 800 denúncias, o Procon de São Paulo notificou o Grupo Smart Fit. O órgão pediu um posicionamento da rede de academias sobre o sistema de cancelamento de contrato em meio à pandemia de Covid-19, conforme apuração do G1.

De acordo com o Procon, as reclamações dos consumidores totalizaram 838 desde o fim de março, período de crescimento dos casos do novo coronavírus, das quais 400 somente nos três primeiros dias do mês de junho.

O crescimento das reclamações no início de junho pode estar ligado ao CEO do grupo, Edgar Corona, que é um dos investigados no caso que apura o financiamento de fake news em prol do governo federal e contra o Supremo Tribunal Federal (STF).

Ainda segundo o órgão de fiscalização, os consumidores relatam que houve cancelamento dos contratos, mas sem a devolução do valor pago por serviços que não foram prestados.

Por conta disso, o Procon deu um prazo de três dias para a Smart Fit mostrar se há uma prestação de serviço mesmo com as unidades fechadas. Além disso, o órgão quer ser informado como está a política de cancelamento e como os consumidores estão sendo remanejados para utilização dos serviços pós-pandemia.

Veja também

+ Pronampe: pedidos ao Sicoob somam R$ 500 mi em 1 dia, 41% do limite
+ Leilão tem Camaro por R$ 72 mil e Versa por R$ 22 mil
+ Gafanhotos: Bahia enfrenta nuvem de insetos
+ A história da Rural e da picape F-75, avós dos SUVs brasileiros
+ 5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
+ Hackers brasileiros roubaram dados de clientes em 12 bancos
+ Jovem pede delivery e encontra dedo humano em esfirra
+ Veja 7 incríveis casas na natureza para sonhar
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior