Saúde da mulher

Skincare: novo produto pode acabar com a acne em 24 horas

Crédito: Pexels

Quase todo mundo já foi pego de surpresa com uma acne visível em algum dia muito importante, em que a pele deveria estar “perfeita”. Nesse caso, pensar em uma solução prática para resolver o problema em pouco tempo parece até “fórmula mágica”, mas agora pode ser possível, graças ao avanço tecnológico dos produtos dermocosméticos.

+ Moda ou necessidade? Os reais benefícios da vitamina C para a pele

+ 5 dicas para se livrar das acnes rapidamente, de acordo com dermatologistas

O novo gel secativo de acne da Dermage, Secatriz Acne Spot, é um exemplo. O produto promete revolucionar a pele acneica, auxiliando na aparência da derme, reduzindo a inflamação e acelerando o processo de secagem pontual, de forma saudável e prática, sem ressecar. 

Segundo a marca, a novidade reduz visivelmente a acne em apenas 24 horas, colaborando ainda para a diminuição dos poros dilatados e pontos negros (cravos e comedões). Sua ação é resultado de três ativos em concentrações combinadas para não irritar a pele, são eles:

• Gluconolactona: um alfa-hidróxiácidos, com ação renovadora e anti-inflamatória;

• Ácido salicílico: (2% maior concentração permitida do ativo para uso tópico) ácido de propriedade antimicrobiana e ação esfoliante, que ajuda a regularizar a oleosidade e diminuir a inflamação;

• Óleo de melaleuca: propriedades antimicrobianas e anti-inflamatórias.

Dermage Secatriz Acne Spot (R$ 79,90) (Crédito:Divulgação/Dermage)

Segundo a Dermage, “o produto é indicado para quem deseja solução rápida e eficaz de redução da acne, especialmente aqueles que possuem pele oleosa e acneica, mais acometida por espinhas”. 

A recomendação é aplicar pontualmente o gel sobre a região afetada três vezes ao dia ou a cada vez que higienizar a pele. Quando usado pela manhã, deve ser associado ao filtro solar, para evitar manchas derivadas dos ativos fotossensíveis da composição.

O uso não é recomendado para gestantes, devido a grande concentração de ácido salicílico. Já lactantes e pessoas com diagnóstico de rosácea ou outras condições de pele devem consultar um dermatologista para o uso orientado.