Esportes

Skate: Pedro Barros garante prata para o Brasil no park


O skate brasileiro ganhou a terceira medalha nos Jogos de Tóquio, nesta quinta-feira, com a prata conquistada por Pedro Barros na modalidade park.

Depois da prata de Kevin Hoefler e Rayssa Leal, ambos no street, foi a vez do catarinense de 26 anos dar ao Brasil sua 16ª medalha (quatro de ouro, quatro de prata e oito de bronze) nas Olimpíadas no Japão.

Com uma pontuação de 86.14, o brasileiro ficou atrás do australiano Keegan Palmer (95.83), dono do ouro, enquanto o bronze foi para o americano Cory Juneau (84.13).

“É uma honra absoluta estar aqui com skatistas amigos. Não posso acreditar que estou aqui em Tóquio, para os Jogos Olímpicos, com vários dos meus melhores amigos. E agora estamos todos juntos no pódio. É uma honra absoluta”, celebrou o jovem australiano de 18 anos.

Pedro Barros também elogiou a estreia do skate nos Jogos Olímpicos.

“É um sentimento incrível, poder viver esta história. É quase um conto de fadas. Todos os atletas competindo, estimulando os outros, querendo o melhor uns para os outros, se abraçando. Acho que é algo que falta no mundo. O skate deu um exemplo”, declarou o brasileiro.

“A gente vem lutando por isso a vida inteira, sempre rodeado de pessoas maravilhosas que lutaram muito pra fazer minha vida melhor. Essa história do park, nas Olimpíadas, minha história, é só um exemplo para o povo brasileiro, que está na nossa mão. Podemos fazer do nosso país um lugar melhor através do amor e do respeito. A gente pode cair várias vezes no chão, mas a missão é ver um amanhã melhor”, afirmou após a prova decisiva, em entrevista ao canal SporTV.

O skatista de Santa Catarina, quatro vezes vencedor dos X-Games (o equivalente aos Jogos Olímpicos de esportes radicais), alcançou sua melhor pontuação na primeira volta da final e não conseguiu superá-la nas etapas seguintes, recebendo 73.50, na segunda, quando caiu faltando 12 segundos para o fim, e 22.99, após queda com apenas 15 segundos na pista.

Na final no Centro de Esportes Urbanos de Ariake, o Brasil contou ainda com outros dois representantes, Luiz Francisco, que foi o quarto colocado (83.14) e Pedro Quintas, o oitavo (38.47).

A fase de classificação da prova masculina de skate park teve algumas surpresas, com as eliminações do número um do ranking mundial, o americano Heimana Reynolds, afetado por uma lesão, e de seu compatriota Zion Wright.

Na véspera, a final feminina da modalidade teve duas brasileiras, com Dora Varella, que terminou em sétimo, e Yndiara Asp, em oitavo. A outra representante do país na categoria, Isadora Pacheco, não passou da eliminatória.

Já a medalha de ouro ficou com a japonesa Sakura Yosozumi, enquanto sua compatriota Kokona Hiraki foi prata e a britânica Sky Brown ganhou o bronze.

O skate é um dos cinco esportes que estreiam nesta edição dos Jogos Olímpicos, ao lado do surfe, escalada, caratê e beisebol.



lca/fp

Veja também
+Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, revela que fez cirurgia na vagina
+ Vídeos mostram pessoas preparando saladas com Cheetos no TikTok
+ Mulher e filho de Schumacher falam sobre saúde do ex-piloto
+ Carvão “gourmet” que não suja as mãos vira meme nas rede sociais; ouça
+ Mãe encontra filho de 2 anos morto com bilhete ao lado ao chegar em casa
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Tópicos

Oly skate