Esportes

‘Sinto que houve um milagre em minha vida’, diz Alan Ruschel após encontrar papa

Crédito: HO / OSSERVATORE ROMANO / AFP

Alan Ruschel se demonstrou muito emocionado nesta quarta-feira ao ser recebido pelo papa Francisco no Vaticano. Um dos seis sobreviventes da tragédia aérea que vitimou 71 pessoas, o jogador da Chapecoense comentou sobre o “milagre” de estar vivo.

“Sinto que houve um milagre em minha vida”, declarou o lateral, que voltou a atuar pela Chapecoense no último dia 7, em amistoso com o Barcelona no Camp Nou. “Estou muito contente por poder voltar a jogar, e agora aproveito cada minuto que estou jogando”.

Os jogadores da Chapecoense viajaram à Itália para disputar um amistoso com a Roma na sexta-feira, no Estádio Olímpico, na capital italiana. A renda obtida será destinada ao clube catarinense, que segue em processo de reconstrução após o acidente do ano passado.

Além de Ruschel, Jackson Follmann também esteve presente na audiência com o papa. O ex-goleiro teve parte de sua perna direita amputada por causa dos graves ferimentos sofridos no acidente. “Pedi a ele que abençoasse o meu rosário, uma vez que vou me casar logo. Ele me deu a bênção, que estará comigo para o resto de minha vida”, contou Follmann.

Cerca de 80 pessoas, entre jogadores do elenco e familiares de dirigentes e atletas mortos, estiveram presentes no encontro com o papa. A delegação o presenteou com uma bola de futebol com as cores do clube – verde e branco – e fez algumas fotos.

Em novembro do ano passado, a Chapecoense foi vítima de um trágico acidente aéreo, ocorrido perto de Medellín, na Colômbia, que matou quase todos os seus jogadores, além de dirigentes da equipe, tripulantes e vários jornalistas que embarcaram junto com o time. A aeronave fretada caiu com 77 pessoas a bordo da viagem que visava a partida de ida da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional – 71 pessoas morreram e outras seis sobreviveram.

Goleada por 5 a 0 pelo Barcelona, a Chapecoense também foi derrotada por 2 a 1 pelo Lyon, em amistoso recente disputado na França, e superada pelo Urawa Red Diamonds por 1 a 0 na final da Copa Suruga, em Saitama, no Japão, palco da decisão do torneio que reuniu os atuais campeões da Copa Sul-Americana e da Copa da Liga Japonesa.

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Após se aposentar da Globo, Sérgio Chapelin aparece com novo visual; veja
+ Nick Cordero morre aos 41 anos, vítima de complicações da Covid-19
+ Hamilton bateu de novo em Albon; veja memes da F1
+ Pandemia adia cirurgia e saúde de Schumacher piora
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior