Economia

Sindipetro RJ se nega a assinar acordo do TST e vai aderir à greve na 2ª-feira

O Sindipetro RJ, sindicato de empregados da Petrobras ligado à Federação Única dos Petroleiros, não assinou o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2019 mediado pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) e informou que vai aderir à greve que será deflagrada sábado (26) pela Federação Única dos Petroleiros (FUP).

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

Segundo o sindicato do Rio, o “rito de assinatura acontece na medida em que há consenso entre as partes”, o que não houve no caso da discussão sobre o acordo salarial da categoria.

O Sindipetro RJ realizará assembleias entre os dias 26 e 28 de outubro para preparar a adesão à greve na próxima segunda-feira, depois de ter comunicado à Petrobras nesta sexta-feira, conforme determina a lei.

A Petrobras disse que ainda tenta evitar a greve, mas que se for deflagrada tomará medidas para evitar impacto na produção e no abastecimento, porém não deu detalhes.

Veja também

+Cidadania divulga calendário de pagamentos da extensão do auxílio emergencial

+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea