ISTOÉ Gente

Sikêra Júnior sobre proposta da Record: “Não quero dinheiro de Jesus”

Crédito: Reprodução/YouTube

Apresentador polêmico da RedeTV!, Sikêra Júnior ficou marcado na televisão por comemorar a morte de um assaltante, rogar praga para usuários de maconha, além de recentemente ter tido sua página no Facebook excluída. Em entrevista ao colunista Leo Dias, do UOL, Sikêra falou sobre diversos assuntos, entre eles uma proposta que recebeu da Record.

Veja também:
BBB 20: Alcoolizada, Flayslane faz xixi na sala; assista ao vídeo
Após ser suspenso do SBT, Marcão do Povo desabafa nas redes sociais

O apresentador confirmou ter recebido uma oferta com salário maior do que ganha atualmente na RedeTV!, mesmo assim, ele recusou e contou o motivo. “Dinheiro estou ganhando bem. Eles me ofereceram grana, disseram assim: ‘Sikêra, ouça a nossa oferta!’. Eu disse que não queria nem ouvir. O povo aqui no Brasil acha que dinheiro é tudo. E quando fiquei pensando: ‘Meu Deus, dinheiro que vem de Jesus Cristo, né? Que eles pedem para Jesus. Não vou querer não, não vou entrar nessa’. Aí me pesou também essa parada. Dinheiro da igreja, abençoado”, afirmou.

“Foi uma soma de fatores. A primeira coisa, com toda realidade te digo, era receio que eles me botassem na geladeira. Que ia chegar o ponto em que iam começar a me engessar, não ia poder dizer metade do que digo na Rede TV!. Daqui a pouco eles iam me jogar na Record News, eu ia sumir do mercado, iam me mandar para casa, e eu estava lascado, pedindo emprego”, completou.

Sikêra comentou ainda ter muita liberdade na RedeTV!, o que também pesou em sua decisão: “Acho que tenho até demais (sobre liberdade). Disse para o dono: ‘Você bota freio para Sikêra, tá? Ou desço a ldeira quebrando tudo o que passa pela frente’. Porque Sikêra não presta, Sikêra não presta”.

Considerado por muitos como homofóbico, misógino e racista, por conta de suas diversas falas na televisão, ainda na entrevista a Leo Dias, ele comentou sobre o que falam dele: “Isso é palhaçada, não estou nem aí. Não mexendo na folha de pagamento, chame do que quiser, não me atrapalha em nada. Aprendi a conviver com esse povo também”, disse.

Sikêra ainda contou sobre como seria se tivesse um filho homossexual: “Acho que seria difícil entender inicialmente, porque um pai tão macho. É aquela história né? ‘Meu filho é homossexual, bicha é o do vizinho’. Mas, se caso acontecesse com meu filho, seria mentira dizer que eu ia aceitar normalmente. Lógico que ia ficar chocado e dizer “filho da peste quebrou toda regra da família”.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel