Esportes

Siakam ofusca astros dos Warriors e Raptors saem na frente na final da NBA

Nem Kawhi Leonard, nem Stephen Curry. O astro da primeira partida da final da NBA foi Pascal Siakam. Contando com o apoio da torcida, no Canadá, ele liderou o Toronto Raptors na vitória sobre o Golden State Warriors por 118 a 109, na noite desta quinta-feira, no primeiro duelo da série melhor de sete jogos.

Siakam, um camaronês de 25 anos, não foi o cestinha do confronto, mas foi o diferencial dos anfitriões com seus 32 pontos, oito rebotes e cinco assistências. Leonard, que permaneceu em quadra por quatro minutos a mais que o companheiro de time, não passou dos 23 pontos e o mesmo número de rebotes e assistências de Siakam.

Até o veterano Marc Gasol se destacou na inspirada atuação dos Raptors. Foram 20 pontos e sete rebotes. Depois deste trio, o maior pontuador dos anfitriões foi o reserva Fred VanVleet, responsável por 15 pontos. Danny Green contribuiu com 11.

Com o bom entrosamento exibido do começo ao fim do jogo, o time de Toronto começou na frente, com vantagem nos dois primeiros quartos. E raramente perdeu a liderança do placar. Os Warriors, atuais bicampeões da NBA, só foram melhores no terceiro quarto. Mas, a esta altura, os donos da casa já esbanjavam confiança e exibiam boa vantagem no marcador.

Sem Kevin Durant mais uma vez, o técnico Steve Kerr poupou alguns titulares nos dois primeiros quartos, na busca pela reação no segundo tempo, algo recorrente na campanha dos Warriors na temporada regular. Desta vez, não deu certo. Os visitantes exibiram dificuldade incomum no ataque, desperdiçando chances seguidas.

“A defesa deles foi ótima e também não estávamos em nossa melhor noite”, admitiu o treinador, ao fim da partida. “Apenas fomos derrotados. Vamos olhar para a frente”, completou.

Curry, pouco poupado na noite desta quinta, foi o cestinha da equipe e do jogo, com 34 pontos. Ele contribuiu ainda com cinco rebotes e o mesmo número de assistências. Mas esteve sozinho em sua grande performance. Seus companheiros não acompanharam o seu nível. Klay Thompson anotou 21 pontos e cinco rebotes. Draymond Green se destacou em diferentes fundamentos: obteve um “triple-double” de 10 pontos, 10 rebotes e 10 assistências.

Com o resultado, o Golden State vive situação incomum em uma decisão. Campeão de três das últimas quatro edições da NBA, o time sofreu pela primeira vez uma derrota no jogo de abertura de uma decisão – esta é a sua quinta consecutiva.

Os Warriors, favoritos ao título, terão a chance de empatar a série na noite de domingo, novamente em Toronto. Azarões desta final, os Raptors disputam sua primeira final da NBA na história.